quinta-feira, 14 de março de 2019

Ativista social é agredida e ameaçada de morte no RN

Nota
Por Nova Práxis, agrupamento de ativistas.

Marcas da agressão em Lani Medeiros

No último domingo (10), a ativista política da esquerda potiguar Lani Medeiros foi agredida fisicamente e ameaçada de morte por uma correligionária do deputado Tomba Farias (PSDB) em Jaçanã/RN.
O deputado foi para cidade tentar tirar proveito político das obras de distribuição de água em andamento pela prefeitura local para o Conjunto Flores 1 e estava acompanhado de dois ex-prefeitos, Uady e Esdras, assim como de alguns correligionários.
Lani Medeiros e um grupo de jovens, que não aceitam mais os desmandos das oligarquias locais e as mentiras perpetradas pelos velhos políticos, convocaram um protesto, e pelo simples fato de exercerem livremente seu direito constitucional de manifestação, de pensamento e de expressão, ela foi covardemente agredida pela nora do ex-prefeito, a Srª Geovânia Oliveira da Silva.
Além da agressão física, devidamente registrada em ocorrência como crime na delegacia de Santa Cruz/RN, a ativista foi ameaçada de morte.
Não podemos tolerar a barbárie no nosso país e em nossa limitada democracia. Não podemos aceitar ameaças contra aqueles que lutam por uma sociedade mais justa.
Nessa semana de tristeza pela memória de 1 ano do assassinato político ainda não solucionado de Marielle Franco, registramos nosso repúdio e desagravo às agressões perpetradas contra Lani Medeiros, e concedemos toda nossa solidariedade para que ela e a juventude de Jaçanã continuem lutando. Não nos calarão.

Requisição de Exame de Integridade Física

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adicione seu comentário.